top of page
  • Foto do escritorEstudos Bíblicos e Persas

História Social do Antigo Israel, Rainer Kessler

Em História social do antigo Israel, o professor de Antigo Testamento Rainer Kessler faz uma exposição de mais de mil anos da história de Israel na antiguidade em pouco mais de duzentas páginas. Para isso, o autor é bastante didático e cuidadoso, propondo recortes temáticos e temporais: as questões sociais e uma cronologia que não ultrapassa os limites redacionais do Antigo Testamento (Bíblia Hebraica).


O professor Kessler é objetivo sobre o método e as fontes em que se baseia para sua história de Israel: a história social, como disciplina da historiografia; as heranças materiais descobertas pela arqueologia, os textos bíblicos e o que se pode concluir das analogias (comparações) entre Israel e outras sociedades de suas épocas.


Para tornar possível seu trabalho, o autor propõe uma divisão das épocas da história social de Israel: pré-estatal; estatal; o exílio; a sociedade provincial no período persa e a época helenística. Isso significa um período que vai do aparecimento do nome “Israel” numa estela de vitória do faraó Merneptá (1213-1203 a.C.) até a revolta dos Macabeus contra o domínio selêucida e o início da dinastia dos asmoneus.


Kessler é um pesquisador consciente dos conceitos que usa e suas implicações, como “estatal”, “estado primitivo” ou “estado desenvolvido”. Outro ponto positivo de seu livro são os apontamentos críticos que faz sobre o uso da Bíblia Hebraica como fonte histórica, de forma bem equilibrada. Apesar da dificuldade com o vocabulário que o texto pode oferecer aos leitores menos familiarizados com textos na área de Ciências Humanas, qualquer bom leitor da Bíblia logo vai perceber que o livro pode ser ferramenta útil para uma melhor compreensão do mundo do Antigo Testamento.


KESSLER, Rainer. História social do antigo Israel. São Paulo: Paulinas, 2009.




9 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page